Fuja da Fábrica de Press Release

*Por Gabrielle Ramos

Quando uma empresa começa a trabalhar com uma assessoria de imprensa, vários procedimentos são adotados para que se realize um trabalho efetivo. Dentro desses procedimentos existem algumas ferramentas que são utilizadas em estratégias de divulgação e uma delas é o tão famoso press release.

O release nada mais é do que um texto que segue algumas regras e estruturas jornalísticas. Ele é sempre usado como base para o envio de informações para a imprensa. O problema é que com o “boom” de assessorias de imprensa no mercado, muitas pessoas se aproveitaram para vender essa ferramenta de forma errônea e aleatória. O release faz parte da estratégia, ele é apenas uma pequena fração de todo um procedimento a ser feito no contato com a imprensa que vai servir de apoio para uma sugestão de pauta ou até mesmo auxiliar o jornalista na hora de escrever a matéria.

Outro ponto que é importante ressaltar é que jornalistas recebem milhares de e-mails por dia, inúmeras sugestões de pautas e releases, e acreditem: entupir a caixa de entrada deles não é melhor forma de ser notado. A aproximação com a imprensa vai muito além do que enviar um simples texto. Quando falamos em aproximação com a imprensa, pensamos em criar um relacionamento de confiança com o jornalista para que em outras oportunidades ele se lembre de sua empresa sem que você precise ‘perturba-lo’. Se você ou a sua ‘fábrica de releases’ apenas enviar um texto, você não conseguirá criar esse elo e acabará caindo no esquecimento.

O resultado que uma assessoria de imprensa deve entregar ao cliente vai muito além de um release bem escrito. Ele é apenas o primeiro passo para a construção de um resultado bom. Boas publicações não surgem do simples envio de um release a imprensa, acredite. Matéria-prima de jornalista é a notícia: não adianta você não ter consciência daquilo que é ou não relevante para a audiência de cada mídia. O release pode estar perfeitamente escrito, mas se não houver notícia ou informação relevante, ele é inútil. Exercite sua capacidade de compreender o que é ou não notícia.

*Gabrielle Ramos é jornalista formada desde 2012 na Universidade Nove de Julho, com especialização em Marketing Digital pela E-commerce School e Mídias Sociais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Com 08 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é responsável por Planejamentos Estratégicos e Co

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: