JORNALISTAS…COMO VIVEM, O QUE COMEM? – PARTE II

Como-Ganhar-Dinheiro-Escrevendo-Artigos

*Por Renniê Paro

Como disse em meu último post, iremos falar um pouco mais sobre o comportamento dos jornalistas e o quanto podemos ajuda-los, de forma assertiva, conhecendo melhor seu dia a dia.

Acredito que todos vocês já ouviram, em algum momento, que o release (uma das ferramentas que usamos para divulgar sua marca na mídia) irá morrer. Não acredito que isso é verdade, mas há sim uma modificação de formato de trabalho dos assessores. Para se ter uma ideia, apenas 15% dos jornalistas usam os releases como base de suas matérias. Daí a nossa pentelhação para trabalharmos com Sugestões de Pauta.

Segundo o site Medium.com, 29.33% acompanham influenciadores. 28% possuem canais já estabelecidos com fontes; 16.44% montam matérias com base em experiências pessoais ou de pessoas próximas; 6.22% usam informações de newsletters e 4.89% se informam por meio de listas de e-mails e fóruns. O que esses números significam? Que podemos (devemos) apostar em conteúdos relevantes para nos tornamos parte dos 28% considerados fontes confiáveis.

Outro fato interessante de compartilhar com vocês é que o e-mail é sim a fonte preferida pelos jornalistas (80%) para receber sugestões de pautas e informações sobre empresas. Ainda falando sobre preferências, 49% gostam de sites onde possam encontrar dados (como sala de imprensa); 40% usam postagens em facebook e twitter e 31% gostam de ser pautados diretamente por telefone. O WhatsApp, uma das formas mais corriqueiras de comunicação atuais, fica com apenas 17% da preferência, ou seja, melhor nem tentar vender pauta por este canal.

A receita que pode surtir efeitos positivos para que sua marca passe a se tornar referência para um jornalista pode ser criar um espaço dedicado a ele em seu site, como Sala de Imprensa (com releases oficiais, dados de mercado,  fotos oficiais) e montar releases com informações originais e relevantes, enviando sempre por e-mail.

Terminamos aqui? Não…como disse, a história de como entender a vida dos jornalistas é longa e deve ser bem aproveitada. Só assim conseguiremos criar laços de confiança e reciprocidade entre sua marca e as mídias que abordam o mercado em que atua.

Nos vemos no próximo post.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Gerente de Comunicação na PiaR Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: