SIM, JÁ FALAMOS, MAS VALE UM REFORÇO: PR NÃO É UMA MÁQUINA DE VENDAS

Como-Ter-Uma-Maquina-de-Vendas-online-na-internet

*Por Juliana Gusmão

Sim, nós já falamos sobre esse tema em nosso blog, mas acredito que vale a pena retomar. Ainda encontramos muitos clientes que nos questionam “esse site não é relevante para mim, pois não me trouxe retorno algum” ou “é importante que saia o hiperlink da nossa empresa para geração de leads”. Nesse caso, entendemos a importância que esses e outros fatos têm para o cliente, mas são ações que fogem um pouco do nosso controle.

Entenda um pouco da nossa rotina. Nós sempre procuramos mergulhar dentro do universo dos nossos clientes, para entender quais são seus públicos-alvo, concorrentes, mercado de atuação, diferenciais e depois, transformamos tudo isso em materiais jornalísticos. Quando iniciamos uma divulgação, buscamos sempre mapear os veículos que tenham um fit com o seu negócio e fazemos toda a ponte para ajudar em ambos os lados.

O trabalho de uma agência de PR, por exemplo, vai muito além de somente produzir releases, notas e artigos. Hoje, algumas assessorias de imprensa oferecem soluções cada vez mais completas, sendo responsáveis pela comunicação estratégica com os veículos de interesse e público-alvo de cada cliente.

Porém, o que muitos clientes não sabem, é que quando iniciamos uma divulgação para um determinado veículo, o jornalista tem o direito de reescrever todo o material, de acordo com seu entendimento e cumprindo a linha editorial do jornal/portal/revista que escreve.

Por que voltamos a falar desse assunto? Porque por mais que reforcemos em cada material divulgado a importância do hiperlink, nem a agência de PR e nem o jornalista têm o poder dessa publicação. Muitas vezes um veículo não coloca o link na publicação por seguir uma política interna ou por achar que hiperlinkar o site do cliente no post irá afetar o inventário publicitário do portal.

É preciso entender que uma boa agência de PR atua em duas pontas: branding (70%) e geração de leads (30%). Ou seja, nosso maior trabalho é fazer com que você e sua marca sejam referência em seu segmento, fortalecendo a credibilidade por meio de matérias ou artigos de opinião que consigam transmitir o seu recado.

Outro ponto importante a ser discutido aqui são os publiposts ou post patrocinados, que nada mais são quando uma marca patrocina um conteúdo. Acho importante ressaltar que a agência de PR não está encarregada de elaborar e negociar esse tipo de publicação com os veículos. É muito comum alguns clientes comentarem seu interesse em fazer um publi no veículo “x”, mas nesse caso, é responsabilidade do departamento comercial da empresa correr atrás dos custos dessa negociação. Afinal, nós trabalhamos com mídia espontânea e não com mídia paga.

Para finalizar, cabe ao cliente saber diferenciar, escolher e investir na estratégia ou serviço que trará um retorno mais eficiente para seu negócio. Fica a dica!

*Juliana Gusmão é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com Pós-Graduação em Marketing e Comunicação Publicitária pela Faculdade Cásper Líbero. Com 3 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Coordenadora de Comunicação na PiaR Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.