homem+transparente

*Por Renniê Paro

Na verdade, acho que transparência é a palavra de ordem em qualquer relação. E, claro, se aplica também entre as agências de comunicação e seus clientes. Aliás, essa palavrinha tão simples deve ser a base desse “casamento”. Se por um lado o cliente chega na agência com grandes expectativas, por outro cabe aos assessores explicar, de forma verdadeira e simples, o que é ou não viável.

É como dizem por aí, criar expectativas gera frustrações, portanto não faça isso com prospects ou clientes que cheguem até você. É nosso papel direcionar as ações de comunicação e também “jogar a real” quando um pedido não for possível de ser realizado.

Esse tipo de comportamento só irá fortalecer seu contato com o cliente, pois gera confiança e honestidade.  Além disso, dessa forma ambos os lados estarão sempre alinhados e na mesma página, evitando ruídos de comunicação (o que pode ser catastrófico para os negócios).

Vale destacar aqui também que você, cliente, precisa confiar na sua equipe de comunicação e dividir com ela todas as informações “sensíveis” da sua startup. Calma! Você não precisa abrir o livro-caixa, mas é importante compartilhar ações internas, parcerias, investimentos e qualquer outro dado que possa gerar interesse (ou uma crise) na imprensa.

Fica aqui então um questionamento: você tem sido transparente em suas relações ou há sempre aquela nuvenzinha no ar?

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Gerente de Comunicação na PiaR Comunicação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.