MÉTRICA DE PR: ONDE VAMOS PARAR?

download

Essa é a pergunta de um milhão de dólares para quem trabalha com comunicação atualmente. Se você, assim como eu, é assessor de imprensa já deve ter ouvido a célebre frase “Mas esses resultados são muito subjetivos. Como vou justificar meu investimento?”.

É, eu sei! Nessas horas paramos para refletir e, particularmente, chego à conclusão de que os clientes têm razão nesse ponto. Por mais relatórios que entreguemos, apontando o que deu certo ou não no mês, o número de publicações e mais um monte de informações, ainda não há números efetivos que possam mostrar o real valor de nosso trabalho (que não é pouco).

Como mostrar para o cliente que ele investiu X na assessoria de imprensa e teve X² de retorno? DADOS!! Tenho pensado sobre isso há cerca de dois anos e a única conclusão que chego é: DADOS. Somente por meio deles conseguiremos entregar o que todos os nossos clientes pedem.

Aí começa o desafio: que dados? Onde levantar esses dados?

Eu poderia criar um plugin e instalar nos sites de cada cliente para rastrear quem leu uma matéria e chegou ao portal? Será que esse cliente deixaria eu ter acesso a essas informações? Ou então poderia instalar um plugin de rastreamento nos principais portais de notícias do país e receber dados do número de leitores de cada matéria? Os jornalistas topariam isso? (qual a chance?!).

Enfim, são muitas perguntas e hipóteses e quase nenhuma resposta até o momento. Tenho conversado com muitas pessoas, do mercado e de outros nichos (coitados do meu irmão, que é engenheiro, e do meu namorado, que é de TI) e quase ninguém sabe dizer, efetivamente, como resolver essa equação.

E você, o que pensa sobre o assunto? Como podemos mudar o mercado de PR e entregar números palpáveis?

*Por Renniê Paro

Publicado por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.