VAMOS FALAR DE COMO ATINGIR PÚBLICOS ESPECÍFICOS NAS REDES SOCIAIS?

planejamento-social-media

*Por Gabrielle Ramos

Ter objetivos definidos e uma boa estratégia são os primeiros passos para começar a trabalhar em qualquer rede social. Depois disso, estabelecer metas e entender quais são as necessidades de sua empresa e qual público você quer alcançar são pontos extremamente importantes para que todo o resto se encaixe.

Não preciso nem dizer o quão importante é saber para quem você está falando. Produzir conteúdo generalizado pode ser um tiro no pé. Sabe aquela história de que quem tudo quer, nada tem? Vamos adaptá-la ao nosso contexto. Você precisa afunilar o seu público ou seu esforço de tentar atingir diversos será em vão. Lembre-se que você precisa considerar vários fatores para definir quem você quer atingir e conteúdo – por exemplo, se sua empresa oferece um produto, você deverá pensar em quem decide (o que escolhe o que será comprado), o influenciador (quem interfere na decisão de compra), o comprador (quem paga) e o usuário (a quem se destina o produto).

É fundamental definir a quem se destina a sua mensagem. A partir disso, quanto mais você fatiar seu público, mais chance de ter sucesso. Faixa etária, nível de estudo, nível socioeconômico, estilo de vida, valores e como a pessoa consome informações são pontos que você tem que considerar. Não adianta apresentar um produto para jovens, por exemplo, se ele é para o público A/B e você colocou C/D, apenas por terem a mesma faixa etária.

Regiões também são muito importantes, dependendo da sua área de atuação. Você precisa atender os lugares em que irá divulgar seu conteúdo. Sim, isso é extremamente importante. De que adianta fazer sua marca ser conhecida por todo o país, se você só atende algumas regiões? E isso pode se tornar um ponto negativo, a não ser que você tenha pretensão de expandir sua atuação. Mesmo assim, recomendamos que você só direcione suas mensagens para um lugar específico depois de já estar devidamente funcionando naquela região.

Resumindo, selecionar o público não indica perder seguidores e sim, ter um público com potencial em suas redes, seja para consumir informação ou um produto. Antes de atirar para todos os lados, considere o que será melhor para sua marca.

*Gabrielle Ramos é jornalista formada desde 2012 na Universidade Nove de Julho, com especialização em Marketing Digital pela E-commerce School e Mídias Sociais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Com 08 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Coordenadora de Planejamentos Estratégicos e Mídias Sociais na PiaR Comunicação.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: