PR NÃO TEM CONTROLE SOBRE AS PUBLICAÇÕES DOS VEÍCULOS

Mais uma vez voltamos a falar sobre esse assunto, mas acredito que seja importante esclarecer alguns pontos. Quando recebemos alguma solicitação de jornalista para falar sobre determinado assunto, repassamos a pauta para o cliente avaliar se é viável participar ou não. Esse processo se intitula como apuração, ou seja, o profissional lista as principais empresas ou empreendedores que querem falar sobre o assunto, marca a primeira entrevista e colhe as informações que considera interessantes.

O próximo passo é elaborar a matéria. Nessa etapa, diversas situações podem acontecer. Alguns exemplos: a jornalista pode ter utilizado você como fonte, mas o editor acabou cortando da matéria por não ter espaço suficiente (já tivemos muito esse retorno); ou o profissional ter optado por utilizar fontes mais atrativas, inovadoras, ou que nunca tenha saído no veículo.

Entendo que muitos empreendedores tiram um tempo da sua agenda para atender algumas solicitações, e ficam “frustrados” quando a matéria sai sem a entrevista. Porém, é preciso entender o outro lado da moeda. Não conseguimos “obrigar” os jornalistas a publicarem matérias quando eles realizam uma entrevista ou encontro de relacionamento, por exemplo. Isso é até uma falta de respeito com a liberdade de expressão do profissional.

Por fim, acredito que é de extrema importância os empreendedores participarem de todas as entrevistas, independente de garantia de matéria ou não. É uma forma do jornalista conhecer o negócio da sua empresa e sempre quando for escrever um material sobre o seu mercado de atuação, utilizar você como fonte. Pense nisso!

*Por Juliana Gusmão

Publicado por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.