ACONTECEU COMIGO: UM ALMOÇO DESPRETENSIOSO VIROU UMA MATÉRIA DE 4 PÁGINAS!

*Por Bruno Pinheiro

Em 2013, ainda no primeiro ano de atuação da PiaR, um dos pilares de atendimento que colocamos para nossos clientes é o constante encontro presencial com jornalistas. Para nós, mais do que uma ferramenta de divulgação, esses encontros servem para construção de relacionamentos de confiança, o início de uma troca de impressões e experiências que faz o que é a mídia atualmente.

Naquela época, conseguimos agendar um almoço entre o Samir Iásbeck, CEO da Qranio (e nosso primeiro cliente) com um editor da Revista Exame PME. A revista não existe mais, mas era super respeitada, conceituada e qualificada quando circulava. Para quem ainda não sabe, não existe expectativa nenhuma de que um almoço entre fonte e jornalista resulte em uma matéria.  Aliás, o ideal é que a conversa seja, de fato, um começo de uma relacionamento de confiança.

E confiança significa transparência. Quanto mais você é sincero, aberto, leal com jornalistas, mais eles cofiam em você e mais eles “ligam” o senso crítico sobre potenciais histórias contidas dentro da sua história. E foi isso o que o Samir fez: ele disse, com todas as letras, que a Qranio tinha rompido a barreira de 1 milhão de usuários graças à ajuda inestimável da Wayra, aceleradora pela qual a startup tinha feito parte do seu primeiro programa de aceleração no Brasil.

O editor da Exame PME (que é meu amigo até hoje e um dos melhores jornalistas do ecossistema do Brasil) na hora teve a sacada de perguntar se o Samir conhecia outras startups que tivessem a mesma opinião sobre os programas de aceleração. A resposta do Samir foi, evidentemente, que sim. E daí surgiu uma matéria na revista com quatro páginas, foto gigante do Samir e que contribuiu demais para o branding da Qranio.

A moral da história é: relacionamento não se compra. Não é um almoço que tornará um empreendedor ou uma startup objeto de matérias e reportagens, mas o quanto se está disposto a dividir sua sincera opinião com formadores de opinião. Não há nada a temer quando você fala a verdade, quando sua história tem sustentação ou quando você aceita uma relação de confiança com jornalistas. Trata-se da essência do trabalho de relações públicas/assessoria de imprensa: fazer que desconhecidos passem a confiar um no outro.

*Com 13 anos de experiência em assessoria de imprensa, Bruno já trabalhou no atendimento de contas como BuscaPé, Fox, VivaReal, Qranio, EasyTaxi, boo-box, Samba Tech e Evernote. Já participou de grandes anúncios no mercado brasileiro e conduziu o lançamento de mais de 130 startups nos últimos 8 anos. Bruno Pinheiro é fundador da PiaR Comunicação, assessoria de imprensa de mais de 40 startups no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.