PIAR + SOLIDES: O QUE MUDOU NA FORMA DE GERIR A EQUIPE

Acredito que muitos de vocês já sabem, mas para quem está chegando agora eu sou a “Severina” da PiaR rs

Brincadeiras à parte, sou responsável não apenas pelas unidades de Redação, Marketing e Customer Success da agência, como também atuo no nosso chamado Recursos Humanos. Sempre fizemos tudo dessa área de maneira bem informal e no feeling (o que nem sempre nos resultou em boas contratações e ativações com colaboradores), mas era o que tínhamos.

Nesse segundo semestre, contratamos a ferramenta Solides Gestão (um dos nossos clientes) e estamos amando! Em apenas uma interface tenho agora em mãos todos os dados os colaboradores e consigo fazer ativações de comunicação em poucos cliques.

Além disso, temos usado o Profiler, de Mapeamento de Competências, o que nos mostra o perfil de cada um e o que podemos fazer para desenvolver melhor cada um dos meus amadinhos da agência. Além disso, conseguimos rodar uma Pesquisa de Clima e Avaliações 360, ou seja, dos líderes com liderados e vice-versa.

Consigo ver também os níveis de energia de cada um com relação às suas respectivas tarefas diárias, níveis de estresse e cobranças, bem como performance (puramente dita). Tem sido uma experiência incrível e enriquecedora.

Ainda estou nos passos iniciantes, mas já tem me ajudado muito em termos de economia de tempo, gestão unificada e, principalmente, entender melhor a cabeça e sentimentos de cada um aqui dentro para que todos se sintam parte do #ProjetoPiaR e queriam ficar com a gente por muitos e muitos anos.

Assim que formos evoluindo na plataforma, volto para contar um pouco mais 😉

*Por Renniê Paro

METAS 2019 – O QUE APRENDEMOS EM 2018 QUE VAMOS LEVAR PARA O ANO QUE VEM

Estamos há poucos dias para 2019 e com ele a vontade de fazer coisas novas é enorme. Agora é hora de realizar um balanço do que foi ou não positivo, e avaliar o que podemos fazer para melhorar e conquistar novos objetivos. Não digo isso somente em relação a vida pessoal, mas sim com trabalho também! Para 2018, temos muitos planos e a vontade de expandir nosso conhecimento e expertise para outros locais faz com que arrisquemos voos mais altos. A exemplo disso, a PiaR agora terá uma filial em vários estados do país, a começar por Manaus.

Com a nossa expansão, acredito que precisamos nos organizar da melhor forma para que a troca de informação com nossos parceiros locais dê certo e renda bons frutos. Esse ano, reestruturamos toda a nossa equipe (e posso dizer que eles são incríveis), processos, metas, tudo com o propósito de atender melhor nossos clientes, conquistar novos prospects e emplacar muitas matérias sensacionais na mídia.

Se pararmos para fazer uma retrospectiva desse ano, foi bem difícil e cheio de altos e baixos. Ano de eleição, de Copa do Mundo e de demissão em massa de jornalistas importantes de grandes veículos de comunicação, acontecimentos que impactaram não só nosso dia a dia aqui na empresa, mas também na conquista por bons resultados para os clientes. Mesmo diante desse cenário, nossa equipe não abaixo a cabeça nenhum segundo e foi em busca do clipping perfeito.

Para o próximo ano, quero que meus atendimentos estejam cada vez mais próximos de seus clientes, trocando ideias, dando a atenção necessária, propondo novas pautas e estratégias, indo além da meta que é imposta. Para quem deseja crescer, é necessário extrapolar as barreiras e superar as dificuldades, mostrando sua capacidade de pensar fora da caixa e propor alternativas para determinados problemas. Outro ponto que acredito ser de ser extrema importância é a sinergia entre os gestores. Afinal, somos uma equipe e estamos aqui trabalhando com o mesmo propósito. Quando estamos bem alinhados, a chance de algo dar errado diminui bruscamente.

Por fim, para o próximo ano temos boas ideias para colocar em prática, então é arregaçar as mangas, colocar os planejamentos para rodar e eliminar os erros bobos que tivemos. Que 2019 seja um ano bombástico de bons resultados e novos clientes, e para isso, conto com a dedicação e comprometimento de toda a nossa equipe. Que eles possam contar comigo para fazer um 2019 diferente e cheio de coisas boas! Boas festas e até ano que vem!

*Por Juliana Gusmão

OS DESAFIOS DE ATENDER O ECOSSISTEMA DE STARTUPS

Há exatamente um ano, eu fiz um balanço sobre as mudanças que eu queria para 2018 e me desafiar mais enquanto profissional foi um dos pontos que quis apostar. Em abril aceitei a proposta de atender o ecossistema de startups aqui na PiaR e, desde então, o aprendizado tem sido constante.

E, como grandes desafios carregam grandes responsabilidades, tive que mergulhar no ecossistema e estudar muito para ficar por dentro de tudo que estava acontecendo e, acredite, as mudanças são diárias. Tive que adotar uma nova linguagem, afinal, eu precisava saber e entender o que era “CEO”, “CMO”, “bootstrapping”, “empresas unicórnios”, “freemium” e vários outros termos que o ecossistema carrega.

As startups possuem um poder de transformação e inovação constante, e tive que aplicar isso no meu dia a dia como assessora de imprensa. Desde que entrei na PiaR, diariamente preciso me atualizar sobre quantas startups temos no mercado, as regiões com maior número e qual o segmento de atuação que mais cresce. E, um dos grandes desafios desde o começo foi entender porque esse ecossistema muda tanto.

As empresas mais tradicionais, que atendia anteriormente, tinham um fluxo mais tranquilo de pautas, pois acabava trabalhando mais as indicações de fonte, o institucional e novos projetos. Nas startups, além de divulgar esses pontos, é preciso saber quantas nascem e morrem a cada dia, e ficar atenta sobre quais serão os próximos unicórnios, por exemplo. Além disso, por contar com tantas mudanças, é preciso estar em contato constantemente com esses clientes e se colocar como parte da equipe.

Comparado com outras empresas, as startups tem no DNA a palavra aceleração e por isso, preciso estar “acelerada” para encarar todos os desafios e atender com excelência esses clientes. Como missão dada é missão cumprida, tento buscar todos os dias novos ganchos e pautas para conquistar mais resultados para os clientes PiaR e fomentar ainda mais discussões sobre esse ecossistema.

*Letícia Senatti é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, cursando Pós-Graduação em Assessoria de Comunicação e Mídias Sociais pela Universidade Anhembi Morumbi. Com quatro anos de experiência em Assessoria de imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente trabalha no relacionamento de cliente/imprensa na PiaR Comunicação.

COMO SE ORGANIZAR PARA NÃO TER DORES DE CABEÇA DURANTE O RECESSO?

Sim, mais um final de ano está batendo em nossas portas. Como 2018 passou rápido, não é mesmo? Junto com o mês festivo vem as entregas de relatórios finais, planejamentos para o próximo ano, entre outras demandas. Mas como se organizar da melhor forma para não ter dores de cabeça durante o recesso?

A resposta é muito simples! Procure anotar todas as demandas que você ainda precisa finalizar e faça um check list do que já foi concluído. Dessa forma, diante a correria que esse mês causa na vida das pessoas, você não atropela nenhuma atividade e ainda garante uma entrega satisfatória para o cliente.

Não sei vocês, mas nós entramos de recesso no dia 21 de dezembro, mas até lá, as atividades por aqui continuam a todo vapor. Como sabemos que o mês de dezembro é mais curto devido ao recesso, emplacar notícias durante esse período também fica bastante complicado. Isso porque as redações se anteciparam e já fecharam alguns cadernos para o último mês do ano.

Uma dica que dei para minha equipe foi trabalhar mais com artigos de opinião e com pautas mais macro com vários outros clientes que atuam no mesmo segmento. Isso poderá ajudar a conseguir resultados mais rápidos e relevantes, além de garantir que não entreguemos um relatório em branco.

Aqui na PiaR, por exemplo, a parte de Gestão ficará de plantão remotamente caso surja alguma demanda urgente. Geralmente isso nunca acontece, mas é sempre bom ficar de alerta para garantir que tudo dê certo nessa temporada.

Por fim, procure programar algumas divulgações para o período em que não estaremos trabalhando na agência. Isso garante que as demandas continuem sendo divulgadas, mesmo durante o descanso. Quando retornarmos no início de janeiro, é só fazer uma busca mais aprofundada e atualizar os relatórios.

E aí, como você está se organizando para o recesso de final de ano?

*Por Juliana Gusmão

PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO: COM GRANDES PODERES VEM GRANDES RESPONSABILIDADES!

Ganhar um prêmio é algo que mexe muito com a vaidade de um profissional. Ser reconhecido em seu meio de atuação é, ao mesmo tempo, maravilhoso e perigoso. E escrevo isso mais de 100 horas depois de ter recebido o prêmio de Melhor Profissional de Comunicação em 2018, concedido no Startup Awards.

Imediatamente, vem a responsabilidade de ter chegado a um patamar de entrega no trabalho que é preciso ser mantido. Qualquer deslize é sentido numa proporção muito maior do que antes. Aquela história de que “com grandes poderes vem grandes responsabilidades” faz muito sentido. Mas ganhar um prêmio tem esse lado positivo: subir a barra das entregas do dia a dia, se cobrar para ser melhor sempre e batalhar para defender o espaço que você conquistou.

Aqui na PiaR não será diferente: o prêmio é reflexo de uma equipe brilhante, que não cansa de superar metas, de aprimorar os resultados e batalhar pela manutenção de clientes. A todos que confiam na PiaR, tenham certeza: o prêmio nos deu ainda mais gás para um 2019 melhor.

*Por Bruno Pinheiro