A PIAR EM 2018…

*Por Renniê Paro

Finalmente (porque para mim pareceu uma eternidade rs), 2018 chegou ao final e já estamos a todo vapor em 2019. Acredito que será, inclusive, um ano de ótimas realizações, expansões de atuação e mentes e boas energias.

Mas, antes de falarmos sobre como será esse ano, sempre vale aquela boa e velha olhadinha para trás para uma breve reflexão do período que se encerrou e o que podemos tirar de lições dele.

2018 foi um ano, relativamente, desafiador para a PiaR em todos os aspectos. Chegamos em dezembro com ótimos números em termos de clientes e equipe. Hoje somos quase 20 jornalistas, que atendem cerca de 60 startups e programas corporativos de inovação em todo o Brasil.

Mas muito além de números, o que prezamos muito aqui dentro é a qualidade de nossas atitudes. E isso passa pela alta qualidade de nossos clientes, que são startups renomadas e de forte atuação no ecossistema, qualidade de nossos materiais, qualidade em nosso relacionamento com nossos parceiros (esse é um ponto alto de 2018, pois pudemos contar com jornalistas simplesmente incríveis durante todo o ano e isso faz toda a diferença) e, para finalizar, a qualidade das entregas que fazemos.

E entregas não pode ser algo restrito a clippings, mas sim uma atuação estratégica na comunicação de nossos clientes e quando deixamos de sermos vistos como fornecedores e passamos a ter um papel de fato estratégico dentro de seus negócios.

Tivemos muitos aprendizados com a gestão de equipe também. Depois de alguns tropeços e momentos não tão fáceis assim, se podemos dizer, conseguimos acertar as arestas e focar no desenvolvimento pessoal de cada um, visando a expansão não apenas da agência, mas também de cada um aqui dentro.

Se posso tomar a liberdade de fazer um “Balanção”, posso dizer que as áreas de Customer Success e Recursos Humanos não funcionaram, devido a erros internos; o Marketing avançou boas casinhas para construir a reputação da PiaR; e a Redação patinou em erros bobos, mas que foram sanados a tempo.

Que esse novo começo signifique energias renovadas e que possamos dar importância ao que realmente importa. Focando em boas energias e trampo, trampo, trampo! De maneira leve e com entregas que nos promovam aquele gostinho de “é isso aí!”.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é COO na PiaR Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.