Ir para conteúdo

QUAIS SERÃO AS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DE STARTUPS EM 2019?

Em linhas gerais, podemos dizer que 2018 foi uma verdadeira montanha-russa no mundo das startups. Tivemos a oportunidade de observar de perto grandes movimentos mundiais para investir no segmento, novos setores apostando em soluções tecnológicas, unicórnios em todo o mundo (inclusive por aqui!) e um ecossistema que tem se fortalecido cada vez mais.

No Brasil, temos atualmente, mais de 10 mil startups, segundo a Associação Brasileira de Startups, sendo lideradas pelos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em 2018, os setores que mais fizeram um burburinho foram os de finanças, saúde, varejo e corporate.

Para 2019 teremos grandes (e boas) surpresas nas áreas que mais devem apostar em startups e soluções tecnológicas que tenham como premissa facilitar a vida das pessoas e, além disso, promover verdadeiras revoluções.

A área de Marketing, por exemplo, é uma das que devem sofrer fortes mudanças no sentido de tornar as vias de comunicação cada vez mais personalizadas com cada cliente. O Varejo também se manterá no topo, mas promoverá cada vez mais integrações entre o mundo online e off-line.

Veremos também “inimigos” se tornando colaboradores em prol da experiência do cliente. Um exemplo são os bancos com as Fintechs, que já brigaram por mercado e começaram a perceber que juntos possuem mais força. As chamadas HR Techs também ganharão cada vez mais espaço, uma vez que o RH já observou que precisa de modernização para atrair e reter os talentos das novas gerações.

Além disso, startups que sejam ligadas à Redução de fraudes (online, de veículos, de serviços, e etc) e de Mobilidade urbana (um dos calcanhares de aquiles das grandes cidades) também devem ganhar fãs em 2019.

Por fim, acredito que dados analíticos ainda serão a grande força no mundo das startups e quem souber fazer uso dessas inteligências para otimizar a experiência dos clientes, ganhará pontos com todos da sociedade.

*Por Renniê Paro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: