Ir para conteúdo

MANGUEZAL VALLEY

Rapadura, Manguezal, Brasília, Colmeia, San Pedro Valley, Cariocas, ZeroOnze, Red Foot, Capi Valley, Startup SC… Sei que esses nomes podem soar estranhos, em um primeiro momento, mas quem faz parte ou já foi em algum evento de startups pelo Brasil, com certeza já os ouviu.

Eles são denominações para os principais ecossistemas de startups espalhados pelo país e visam reunir empreendedores, entusiastas, investidores, aceleradoras e todos os agentes que compõem esses verdadeiros hubs de inovação. Por meio da atuação ativa neles, os players ganham força e voz na economia brasileira, além de gerar apoios e conexões mútuas entre os participantes.

Como lançamos o Projeto Regiões, justamente por sempre estarmos atentos aos movimentos do ecossistema e tendo em vista que uma de nossas premissas é ajudar a educar o setor sobre a importância de uma Assessoria de Imprensa, hoje vamos falar do Manguezal Valley.

Localizado em Recife (Pernambuco), o Manguezal nasceu para promover discussões de alto nível, eventos e uma temática educacional para empreendedores potenciais; dar visibilidade aos projetos iniciais na região; além de estimular o intercâmbio de startups locais com o restante do país.

Segundo estudo realizado pela Associação Brasileira de Startups, em parceria com a Accenture, o Manguezal Valley está entre as três comunidades com maiores índices no item “Satisfação sobre o mercado Consumidor”, figurando entre o Capi Valley (PR) e ZeroOnze (SP).

Quando o assunto é “Talentos”, a região nordeste fica em primeiro lugar em satisfação, seguidos dos RedFoots (PR) e San Pedro Valley (MG). Com 67% dos respondentes satisfeitos, os empreendedores dessas regiões afirmam que os desafios para atrair e reter talentos ficam em estimular o empreendedorismo e alfabetização nas escolas; aproximar escolas de eventos de empreendedorismo; e transformar trabalhos acadêmicos na criação de startups.

Por fim, podemos perceber a riqueza dessa região e o quanto há potencial para iniciativas que ajudem a fomentar a economia local. Portanto, se preparem empreendedores da região Nordeste! Ainda esse ano chegaremos para dar voz às suas startups 😉

*Por Renniê Paro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: