GENTE DEMAIS, ENTENDIMENTO DE MENOS!

Normalmente, quando uma empresa procura um serviço de assessoria de imprensa, está buscando uma maneira estratégica de se comunicar com seus principais públicos de interesse. Muitas vezes, por receio que informações preciosas não sejam passadas para sua agência de comunicação, algumas organizações preferem envolver diversos profissionais nas demandas diárias. Porém, na maioria das vezes, essa prática não é a mais indicada e eu explico o porquê.

Feche os olhos e imagine um grupo com indivíduos com ideias completamente opostas opinando sobre um texto que precisa ser divulgado urgentemente por conta do timing. Agora acrescente a isso uma agenda cheia de compromissos onde cada um desses profissionais só conseguirá olhar esse material quando “sobrar um tempinho”. E por fim, finalize pensando que uma pessoa pode discordar da modificação da outra. Uma loucura, né?

Por isso, para termos um trabalho mais assertivo, o ideal é centralizar a comunicação em uma interface, que ficará responsável por colher informações, validar dados com os respectivos responsáveis, aprovar materiais e outras ações que fazem parte do nosso dia a dia. Isso agiliza, e muito, a nossa rotina, fazendo com que tudo flua melhor. 

Outro ponto importante é tentar centralizar as demandas em apenas um porta-voz. Sim, às vezes não é possível pois cada sócio tem uma expertise diferente ou é responsável por uma vertente diferente dentro de uma organização. Porém, quando estamos em busca do fortalecimento e reconhecimento de uma marca em seu mercado de atuação, fica mais fácil tornar apenas uma pessoa a cara de uma marca.

Afinal, quando pensamos em empresas consolidadas, conseguimos lembrar de seu porta-voz. Por exemplo, quando pensamos na Apple, inevitavelmente lembramos de Steve Jobs, certo? Microsoft remete automaticamente ao Bill Gates, não é mesmo? E como podemos falar no Facebook sem mencionar o Mark Zuckerberg? 

Portanto, é importante buscarmos sempre centralizar as principais demandas em apenas uma interface e em um porta-voz para evitarmos ruídos de comunicação e garantir um trabalho eficiente e assertivo. Acredite, nem sempre mais cabeças pensam melhor que uma!

*Bruna Sant’Anna Froner é Relações Públicas formada desde 2009 pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Marketing e Comunicação Integrada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Com 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Gerente de Equipe na PiaR Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: