Ir para conteúdo

QUANDO A ESMOLA É DEMAIS, O SANTO DESCONFIA

Aposto que vocês já ouviram essa expressão em algum momento da vida. Em linhas gerais (e de forma beeem genérica), significa que todas as vezes em que uma pessoa é boazinha demais (e esse não é o perfil dela), ou uma situação parece muito favorável sem precisar de nenhum esforço de sua parte ou ainda há um produto/serviço por uma pechincha: desconfie!

Sim sim, eu sei que isso pode soar ruim aos ouvidos dos mais desavisados e otimistas, afinal “devemos confiar que as pessoas são boas”, mas, tirando a lente de Poliana, sabemos que a realidade nem sempre é tão cor-de-rosa assim, não é mesmo?!

Quando o assunto é Assessoria de Imprensa, vale o empreendedor ficar com a orelha ainda mais em pé, afinal é seu budget que será investido ali, por pelo menos seis meses (tempo razoável para qualquer contrato de Assessoria de Imprensa).

Infelizmente, nos últimos anos, surgiram algumas plataformas “mágicas” de comunicação. Essas soluções (se é que podemos chamar assim) prometem colocar as empresas/startups na mídia sem trabalho ou estratégia, e sempre nos principais veículos do país.

O que, a princípio pode parecer tentador, no final das contas pode custar caro para a imagem da empresa. Isso porque, esses disparadores de releases (e que fique claro que isso NÃO É ASSESSORIA DE IMPRENSA), firmam parcerias de cunho comercial com alguns veículos, que ao receberem devem, obrigatoriamente, publicar o conteúdo de determinada marca.

Se o leitor é desatento, sequer percebe a diferença. Mas um olhar um pouco mais detalhado, nota que há, inclusive, um “aviso” logo no começo do texto, isentando o portal de comunicação de qualquer responsabilidade sobre aqueles materiais, ou seja, não há a curadoria de um jornalista (profissional gabaritado para isso) para a avaliação e redação da matéria.

Isso posto, fique atento às propostas de milagres em Assessoria de Imprensa. A base de nosso trabalho é CONFIANÇA e RELACIONAMENTO, tanto com o cliente quanto com os jornalistas e seus leitores. Portanto, não tente furar a fila e passar na frente. Aposte em parcerias de longo prazo e que tragam resultados constantes para que sua startup se torne uma #MarcaAdmirada.

*Por Renniê Paro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: