Ir para conteúdo

O IMPACTO DA QUARENTENA NO MERCADO DE VÍDEOS

Há alguns meses em isolamento social, tivemos que nos reinventar da melhor forma para nos adaptarmos com o “novo normal”. Sem poder sair para nos reunir com os amigos e familiares, algumas ferramentas tecnológicas puderam aliviar a saudade e a angústia que essa pandemia tem provocado na população, e o streaming de vídeo é um bom exemplo disso.

Para se ter uma ideia, o mercado audiovisual foi um dos segmentos que mais cresceu durante esse período, não só no Brasil, mas também no mundo todo devido ao alto consumo de conteúdo por usuários em diversas plataformas digitais. Seja para estudar, assistir filme, trabalhar ou até para se exercitar, os vídeos online têm sido uma ótima alternativa para continuarmos nossas atividades, mesmo em domicílio.

Uma empresa que tem feito a diferença nesse período de reclusão é a Samba Tech. Conhecida por ser referência no mercado de vídeos online na América Latina, ela disponibilizou sua plataforma para que instituições públicas e privadas de ensino pudessem utilizar toda sua infraestrutura, distribuição e ferramentas de gerenciamento para proporcionar educação à distância. Em momentos como esse em que devemos evitar o contato físico, iniciativas como essa faz total diferença na vida dos alunos e professores.

Para entendermos melhor a capilaridade dessa tecnologia, as lives realizadas pelos artistas têm reunido milhões de pessoas digitalmente como forma de manter a aproximação com o público, promover entretenimento para quem gosta de música e ainda ajudar, por meio de doações, estabelecimentos que estão passando por dificuldade.

Uma produtora audiovisual  que têm sido responsável por desenvolver diversas lives musicais é a VOCS. Referência em transmissões ao vivo e que acumula um trackrecord de +2,5 milhões de horas ao vivo em produções realizadas no Brasil, LATAM e Europa (sedes em São Paulo e Barcelona), além da tecnologia e produtos proprietários para viabilizar projetos corporativos, a empresa também possui parcerias (live partner) com as principais plataformas sociais (Facebook  e Instagram, Youtube, Twitter e Linkedin) para viralizar produções de social broadcast para o mercado publicitário e de entretenimento.

E engana-se aqueles que acham que para por aí. Os congressos e palestras também foram levados para o meio digital. A Congresse.me, plataforma que integra várias ferramentas necessárias para a realização, de maneira facilitada, de congressos 100% online, sentiu na pele o aumento da demanda devido a pandemia e tem proporcionado toda a infraestrutura para que os profissionais possam continuar dando suas palestras e promover ainda mais conhecimento para as pessoas.

Todo esse cenário mostra que, se antes a implementação e o uso da tecnologia andavam lentamente, a Covid-19 provocou uma corrida desenfreada das empresas por uma adaptação no ambiente digital. Afinal, quem não se adequou a esse novo momento, com certeza enfrentou bastante dificuldade para manter seu negócio lucrando. A nós, resta observamos como ficará daqui pra frente quando a proliferação do vírus cessar e nossas vidas voltarem ao normal.

*Por Juliana Gusmão

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: