Ir para conteúdo

AGRICULTURA 4.0: A INOVAÇÃO DE PONTA A PONTA NO CAMPO

A inovação já é uma realidade em diversos setores da nossa economia e a agricultura com certeza é um deles! E não é para menos, afinal, o agronegócio representa hoje 23% do produto interno bruno (PIB) e é o nicho produtivo que mais cresce no país.

E isso só é possível graças as agtechs, startups voltadas para tecnologias no campo, que transformaram o segmento, tal qual como as fintechs fizeram com o setor financeiro e como as health techs que transformaram a saúde, algo que foi perceptível durante a pandemia de coronavírus.

Atualmente, é possível encontrar soluções tecnologias em todas as pontas, desde a escolha das melhores sementes, passando pelo plantio, colheita, transporte adequado e venda, o que garante a qualidade do produto em todo o ciclo. Qualidade essa muito importante atualmente com a mudança de comportamento do consumidor.

Afinal, temos exigido cada vez mais qualidade nos alimentos que colocamos em nossa mesa e isso tem refletido automaticamente na busca dos agricultores por novas soluções que permitem uma gestão completa de toda a cadeia, deixando-a mais eficiente e sustentável.

O cliente quer saber a origem do que está comprando e se todo o processo foi realizado de forma adequada, preservando ao máximo os recursos naturais. E é a conexão de todas as pontas que garante isso!

Um manejo adequado do solo, com cruzamento de informações sobre o clima, diminui o consumo de água e de outros insumos, derrubando custos da produção, traçando uma relação de ganha-ganha entre todos os envolvidos. Neste contexto, a tecnologia é o pilar fundamental da união entre todos esses pontos. Hoje, é possível afirmar que ainda veremos mudanças enormes na agricultura, graças às mudanças de comportamento da sociedade, que vão incluir o surgimento de novas ferramentas tecnológicas cada vez mais precisas e que garantirão o mundo melhor para as futuras gerações.

*Por Bruna Sant’Anna Froner

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: