empreender-para-criancas

OS DESAFIOS DE EMPREENDER PARA O PÚBLICO INFANTIL

Agradar a criançada, definitivamente, não é uma tarefa fácil! As crianças hoje, assim como os adultos, estão buscando cada vez mais produtos e serviços que tragam uma experiência diferenciada. Isso se deve a uma série de mudanças em seu dia a dia, incluindo a inclusão da tecnologia, considerado o grande responsável por essa transformação.

Por isso, as marcas voltadas para esse público estão tendo que buscar estratégias cada vez mais assertivas para fidelizar os pequenos, que já representam cerca de 28% da população mundial, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Mas, afinal, qual é a melhor maneira de atrair e conquistar as crianças? Será que é investir milhões em publicidade? Ou então, incluir ações com influenciadores em seu planejamento?

Bom, a resposta não é tão simples e, tampouco, única. Porém, a palavra-chave é diferenciação. Isso mesmo! Com tantas opções de marcas no mercado, se diferenciar é essencial para atrair esse público, uma vez que hoje já não basta satisfazê-lo, é necessário encantá-lo.

Para isso, as empresas estão procurando investir em produtos personalizáveis. Um exemplo disso é a Criamigos, que tem como objetivo transformar boas memórias e recordações em um negócio único, a criação de pelúcias personalizadas. Com uma proposta única no Brasil, a rede oferece aos clientes a possibilidade de criar o seu próprio bichinho, para si ou para presentear, podendo escolher entre ursos, lhamas, dinossauros, unicórnios, girafas, cachorros, gatos, zebras e outros. Os pequenos podem ainda escolher acessórios, como roupas, óculos e celular, para deixar seu novo amigo com a sua cara.

A Criamigos aposta na experiência no início ao fim da montagem da pelúcia, fornecendo ao final das etapas, uma certidão de nascimento. O resultado não poderia ser outro a não ser o crescimento e expansão da marca. Atualmente, a rede conta com 20 lojas espalhadas por todo território nacional e a expectativa é que esse número cresça ainda mais. Por isso, afirmo sem medo de errar que é necessário, mais do que nunca, apostar na diferenciação e na experiência para conquistar o público infantil. Quem atua diretamente com produtos e serviços para a criançada e ainda não está pensando em ações neste sentido, corre o risco de perder espaço no mercado em breve. E você, vai ficar de fora dessa?

*Por Bruna Sant’Anna Froner

Publicado por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.