COMO AVALIAR OS RESULTADOS CONQUISTADOS SEM NÚMEROS E MÉTRICAS?

Quando falamos de números e métricas, certamente pensamos em inúmeras planilhas, fórmulas de Excel, análise de dados que foram exportados de tecnologias como inteligência artificial, big data e machine learning ou até em áreas como engenharia, estatísticas, finanças, entre outros. Mas, quando trazemos essas atribuições para área de humanas, a avaliação fica ainda mais difícil de ser feita.

Aqui, na PiaR por exemplo como nós atuamos com assessoria de imprensa e comunicação, os resultados que alcançamos para os nossos clientes são matérias publicadas em diferentes mídias e por isso não há uma fórmula exata de mensurar.

Com isso, nós fazemos esse cálculo com base no tipo de mídia que foi conquistado, mas levamos em consideração principalmente quais os objetivos de cada cliente e os seus veículos-alvo. Assim, conseguimos fazer uma análise mais assertiva para atender as suas reais necessidades. Dessa forma, nós dividimos da seguinte maneira: a meta TOP envolve os jornais e revistas impressas e Tv/rádio; meta 1 engloba os veículos de grande imprensa online; meta 2 os veículos regionais e a meta 3 refere-se as mídias segmentadas. E, cada uma delas possui pontuação específica.

Assim, o cálculo e a definição de cada meta são variáveis, pois ela depende do tipo de material que será trabalhado a cada mês e o objetivo de cada empresa. Dessa forma, conseguimos balancear as entregas para os nossos clientes e atender as suas expectativas com o trabalho de PR, e consequentemente trazer mais endosso e reputação para eles.

*Por Gabriela Calencautcy

Publicado por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.