Arquivo da categoria: Comunicação 360º

CENSO DE RH 2018 – VEJA QUAIS FORAM AS MUDANÇAS NO SETOR

A Solides, HRtech especializada em gestão comportamental e people analytics, realizou um estudo com quase três mil participantes, que apontou dados relevantes sobre o mercado de RH. O objetivo era auxiliar os profissionais do setor no desenvolvimento humano e alinhar as melhores estratégias para uma gestão de pessoas qualificada.

Um dos dados que chama atenção é em relação aos desafios que eles enfrentam hoje. 45,5% dos participantes disseram que precisam ter tempo para serem mais estratégicos; 35,9% disseram que a maior dificuldade é fazer com que os diretores enxerguem a importância do RH; 29,4% falaram sobre conseguir implantar ferramentas; 26,3% reportaram sobre engajar e aumentar a produtividade da empresa e, 20,2% mencionaram o desafio de ter disponibilidade de investimento junto aos gestores.

Por meio do estudo, ainda é possível perceber que o uso de dados para tornar o setor mais estratégico e assertivo vem sendo utilizado com mais frequência pelos profissionais da área. 73,7% dos respondentes disseram que estão buscando informações sobre People Analytics e tomada de decisão orientadas por dados palpáveis.

Outro dado relevante na pesquisa está relacionado aos processos de recrutamento e seleção. Em 2017, por exemplo, apenas 20% dos profissionais utilizavam o mapeamento comportamental e hoje eles representam 30,6% dos participantes. 89% dos respondentes disseram que ainda preferem as entrevistas para contratar novos colaboradores, enquanto 71,8% buscam por profissionais em sites de vagas.

Embora acredite que o mercado tem muito que evoluir ainda, esses dados mostram que os gestores estão cada vez mais dispostos a utilizar de ferramentas e soluções que ajudam na tomada de decisão. Tudo isso no futuro implica em decisões mais inteligentes e assertivas, além de ajudar a desenvolver ideias inovadoras para melhorar as ações da empresa. Por isso, vale a pena ficar ligado nas tendências e novidades do seu segmento para sair na frente dos seus concorrentes.

*Juliana Gusmão é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com Pós-Graduação em Marketing e Comunicação Publicitária pela Faculdade Cásper Líbero. Com oito anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Gerente de Equipe na PiaR Comunicação.

PORTA-VOZES: 5 EMPREENDEDORES QUE SÃO CRAQUES NISSO

Já que a lista de cinco empreendedores que são referência em comunicação fez sucesso, resolvi trazer outro tema que pode inspirar quem trabalha com startup. Dessa vez, vou listar cinco exemplos de empreendedores que são feras na arte de dar entrevista, transmitir a mensagem correta, de maneira clara e de uma forma que seja interessante para a audiência.

Nesses 14 anos de carreira como assessor de imprensa, já acompanhei centenas de clientes nos contatos com a mídia. Durante esse período, vários tiveram um desempenho somente “ok”, pouquíssimos não foram bem e a grande maioria saiu-se bem. Resumo então, nessa lista, os cinco que saíram da curva e foram espetaculares:

 

02

Amure Pinho

Presidente da ABStartups

Apesar da agenda corrida e da nossa luta diária para encaixar entrevistas entre outros compromissos da entidade, o Amure SEMPRE chega para falar com jornalistas com dados na ponta da língua. Além disso, a opinião dele dá, em todas as ocasiões em que acompanhei, um recorte interessante para as matérias. É um cara que dá gosto de mandar o briefing, porque ele estuda, soma com sua visão e expõe de maneira clara, concisa e relevante. Nota 10!

03

Celso Vergeiro

CEO da Adstream

O Celso é um cara que nasceu com o dom do carisma. Ele consegue causar empatia imediata até no mais frio e tímido dos seres humanos. E isso é fundamental para uma entrevista correr bem. O jornalista que se sente confortável conduz a conversa de uma maneira mais leve, tranquila, e consegue informações e opiniões que dificilmente teria se houvesse um “gelo” a ser quebrado. Postura impecável, tratando qualquer jornalista, de qualquer veículo, com educação, gentileza, respeito e simplicidade.

05

Francisco Jardim

Diretor da SP Ventures

Como principal nome à frente de um fundo de investimentos dedicado à agtech, o Francisco é muito procurado pela imprensa para falar sobre esse nicho de mercado. E isso exige dele que tenha uma visão absolutamente abrangente do segmento, falando de tendências e, principalmente, do que pode ser feito. O que o Chico tem de especial é o conhecimento sobre mercados estrangeiros e todas as ramificações aplicáveis ao mercado nacional. Suas entrevistas sempre trazem algo que o jornalista não sabia – e isso o torna fonte essencial.

 

 

Cesar Paz

Investidor de startups | Ex-CEO da AG2 Nurun

Imagine um cara que fundou uma agência digital no Rio Grande do Sul, nos anos 90, a vendeu para o maior grupo de comunicação do planeta e permaneceu à frente da operação por mais quatro anos após esse fato. Esse é o Cesar, que com essa trajetória dava entrevistas e mostrava que o CEO não é um executivo que enxerga o negócio apenas com a “visão de helicóptero”. O CP tinha profundo conhecimento de novas tecnologias, entendia como poucos no mercado publicitário dos rumos que o  digital tomaria anos à frente e era mestre na hora de promover as boas ações de seus clientes. Esse fato é importantíssimo para tornar-se referência em um segmento: conhecer absolutamente todos os detalhes da empresa que você comanda ou dirige.

02

Tatiana Pezoa

CEO da RA Trustvox

A Tati é, naturalmente, apaixonada pelo negócio que construiu. Transmitir essa paixão, acredite, não é fácil durante uma entrevista, porque pode enviesar a conversa apenas pelo lado que interessa ao entrevistado. Só que a Tati sempre teve a habilidade incrível de falar sobre o que era apaixonada, mas mostrar a opinião sincera sobre temáticas que não eram exatamente sobre a Trustvox. Jornalistas esperam isso de suas melhores fontes: contribuição em reportagens que precisam de especialistas em um mercado, e não especialistas em uma empresa.

*Com 13 anos de experiência em assessoria de imprensa, Bruno já trabalhou no atendimento de contas como BuscaPé, Fox, VivaReal, Qranio, EasyTaxi, boo-box, Samba Tech e Evernote. Já participou de grandes anúncios no mercado brasileiro e conduziu o lançamento de mais de 130 startups nos últimos 8 anos. Bruno Pinheiro é fundador da PiaR Comunicação, assessoria de imprensa de 40 startups no Brasil.

QUAIS SERÃO AS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DE STARTUPS EM 2019?

Em linhas gerais, podemos dizer que 2018 foi uma verdadeira montanha-russa no mundo das startups. Tivemos a oportunidade de observar de perto grandes movimentos mundiais para investir no segmento, novos setores apostando em soluções tecnológicas, unicórnios em todo o mundo (inclusive por aqui!) e um ecossistema que tem se fortalecido cada vez mais.

No Brasil, temos atualmente, mais de 10 mil startups, segundo a Associação Brasileira de Startups, sendo lideradas pelos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em 2018, os setores que mais fizeram um burburinho foram os de finanças, saúde, varejo e corporate.

Para 2019 teremos grandes (e boas) surpresas nas áreas que mais devem apostar em startups e soluções tecnológicas que tenham como premissa facilitar a vida das pessoas e, além disso, promover verdadeiras revoluções.

A área de Marketing, por exemplo, é uma das que devem sofrer fortes mudanças no sentido de tornar as vias de comunicação cada vez mais personalizadas com cada cliente. O Varejo também se manterá no topo, mas promoverá cada vez mais integrações entre o mundo online e off-line.

Veremos também “inimigos” se tornando colaboradores em prol da experiência do cliente. Um exemplo são os bancos com as Fintechs, que já brigaram por mercado e começaram a perceber que juntos possuem mais força. As chamadas HR Techs também ganharão cada vez mais espaço, uma vez que o RH já observou que precisa de modernização para atrair e reter os talentos das novas gerações.

Além disso, startups que sejam ligadas à Redução de fraudes (online, de veículos, de serviços, e etc) e de Mobilidade urbana (um dos calcanhares de aquiles das grandes cidades) também devem ganhar fãs em 2019.

Por fim, acredito que dados analíticos ainda serão a grande força no mundo das startups e quem souber fazer uso dessas inteligências para otimizar a experiência dos clientes, ganhará pontos com todos da sociedade.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é COO na PiaR Comunicação.

PIAR NORTE 2019

*Por Renniê Paro

Se, no final de 2018, você estava na correria e não conseguiu ver todas as notícias que rolaram, não se preocupe! Estou aqui para te ajudar nessa missão. Uma das novidades foi que a PiaR está expandindo sua atuação.

Depois de seis meses de muitas pesquisas, conversas e levantamentos, anunciamos que teremos um escritório em cada região do Brasil. Sim!!! Você leu direito =). Mas você pode estar se perguntando “Por que a PiaR resolveu fazer isso?”

A resposta é simples. Primeiro porque acreditamos que as startups que estão fora do eixo Rio/São Paulo/Belo Horizonte, merecem uma equipe de PR focada e especializada no ecossistema. Segundo porque nunca podemos menosprezar o valor das mídias regionais e essa é uma forma das startups conversarem com seu público local e de regiões ao redor. E por último, mas não menos importante, é porque queremos levar a experiência que temos com outros clientes para todo o país, “subindo a régua” do que é entregue aos empreendedores até o momento.

E para começar o ano com tudo, nosso primeiro passo é em Manaus, que será a sede da PiaR Norte. Ou seja, pessoal do Acre, Roraima, Rondônia, Tocantins, Pará e Amapá…a PiaR chegou para vocês!

Só para você ter uma ideia da riqueza que essa região possui, são mais de 200 startups de diferentes segmentos e atuações. Queremos que todas essas empresas possam ter acessos às melhores experiências com PR e divulgar para as mídias de interesse e seus públicos-alvo tudo que podem oferecer de serviços, produtos e novas soluções.

É por essas e outras que temos orgulho de chegar na região Norte e unirmos forças com um ecossistema tão importante e em crescimento. Contem com a gente para ter os melhores resultados de Assessoria de Imprensa.

Ah, aproveita e dá uma olhadinha no recado que o nosso CEO deu:

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é COO na PiaR Comunicação.

A PIAR EM 2018…

*Por Renniê Paro

Finalmente (porque para mim pareceu uma eternidade rs), 2018 chegou ao final e já estamos a todo vapor em 2019. Acredito que será, inclusive, um ano de ótimas realizações, expansões de atuação e mentes e boas energias.

Mas, antes de falarmos sobre como será esse ano, sempre vale aquela boa e velha olhadinha para trás para uma breve reflexão do período que se encerrou e o que podemos tirar de lições dele.

2018 foi um ano, relativamente, desafiador para a PiaR em todos os aspectos. Chegamos em dezembro com ótimos números em termos de clientes e equipe. Hoje somos quase 20 jornalistas, que atendem cerca de 60 startups e programas corporativos de inovação em todo o Brasil.

Mas muito além de números, o que prezamos muito aqui dentro é a qualidade de nossas atitudes. E isso passa pela alta qualidade de nossos clientes, que são startups renomadas e de forte atuação no ecossistema, qualidade de nossos materiais, qualidade em nosso relacionamento com nossos parceiros (esse é um ponto alto de 2018, pois pudemos contar com jornalistas simplesmente incríveis durante todo o ano e isso faz toda a diferença) e, para finalizar, a qualidade das entregas que fazemos.

E entregas não pode ser algo restrito a clippings, mas sim uma atuação estratégica na comunicação de nossos clientes e quando deixamos de sermos vistos como fornecedores e passamos a ter um papel de fato estratégico dentro de seus negócios.

Tivemos muitos aprendizados com a gestão de equipe também. Depois de alguns tropeços e momentos não tão fáceis assim, se podemos dizer, conseguimos acertar as arestas e focar no desenvolvimento pessoal de cada um, visando a expansão não apenas da agência, mas também de cada um aqui dentro.

Se posso tomar a liberdade de fazer um “Balanção”, posso dizer que as áreas de Customer Success e Recursos Humanos não funcionaram, devido a erros internos; o Marketing avançou boas casinhas para construir a reputação da PiaR; e a Redação patinou em erros bobos, mas que foram sanados a tempo.

Que esse novo começo signifique energias renovadas e que possamos dar importância ao que realmente importa. Focando em boas energias e trampo, trampo, trampo! De maneira leve e com entregas que nos promovam aquele gostinho de “é isso aí!”.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é COO na PiaR Comunicação.