DINÂMICA DE UM ENCONTRO DE RELACIONAMENTO

*Por Juliana Gusmão

Marcar encontros de relacionamento é uma prática muito comum das assessorias de imprensa. Mas você sabe qual estratégia está por trás dessa dinâmica? Claro que conversamos com os jornalistas todos os dias e apresentamos as novidades da empresa, mas quando agendamos um bate-papo com um profissional específico, nada melhor do que o empreendedor contar sobre sua trajetória e o propósito da sua empresa.

Antes de tudo, é importante alinharmos as expectativas. Se encontrar com um jornalista de um veículo importante não nos dá a garantia de que ele irá publicar uma matéria após o almoço ou o café. O objetivo, antes de tudo, é firmar um relacionamento, como o próprio nome diz, e não sair do encontro com uma matéria fechada. Claro que durante a conversa o profissional pode encontrar um gancho interessante para uma reportagem, mas é bacana deixarmos claro o propósito desses convites.

Geralmente essa dinâmica engloba você falar sobre seu negócio, sua carreira empreendedora, o que te levou a criar sua empresa, mostrar o crescimento do mercado, apresentar cases de sucesso, entre outros pontos. Muitas vezes, dependendo do jornalista, falamos bastante sobre faturamento e perspectivas para os próximos anos. Por isso, esteja sempre preparado.

Outro ponto que consideramos de extrema importância – “não solte informações que não podem ser divulgadas”. Sim, isso já aconteceu algumas vezes e gerou um mal-estar enorme quando o jornalista resolveu publicar uma matéria e mencionou tais informações. Entendemos que muitos empreendedores ficam ansiosos e na expectativa de se saírem bem durante o bate-papo. Porém, tal ansiedade muitas vezes pode ser prejudicial ao negócio.

Por fim, quando seu assessor comentar que conseguiu um encontro de relacionamento com determinado jornalista, procure adequar sua agenda para atendê-lo. Esses profissionais estão cada vez mais requisitados e aproveitar a brecha na sua agenda é essencial para fazer do seu negócio conhecido e se aproximar de quem poderá escrever algo sobre você e seu mercado de atuação.

*Juliana Gusmão é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com Pós-Graduação em Marketing e Comunicação Publicitária pela Faculdade Cásper Líbero. Com sete anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Head de Relacionamento na PiaR Comunicação.

VOCÊ SABE QUAIS FATORES PODEM ACABAR COM SUA ESTRATÉGIA DE PR?

*Por Juliana Gusmão

Esse é um ponto bastante delicado, mas acredito ser importante o debate sobre os fatores que podem acabar com sua estratégia de PR. Quando uma empresa contrata uma assessoria de imprensa, é porque ela precisa e conta com a expertise daqueles profissionais para reforçar o branding e a reputação da marca.

Porém, não seguir à risca todos os direcionamentos e conselhos que nós assessores damos ao longo da parceria, pode ser um tiro no pé. Por que digo isso? Simples! Algumas situações, e até mesmo a postura de alguns empreendedores, podem causar um mal-estar com jornalistas.

Vou explicar melhor. Remarcar muitas vezes uma entrevista pode soar que você não está nem aí para a matéria e para o profissional que está “do outro lado do balcão”. Ou seja, ele também reservou um tempo da sua preciosa agenda para conhecer melhor seu negócio e quando desmarcarmos muitas vezes passa a percepção de falta de comprometimento e até cria uma dúvida na cabeça do profissional.

Mentir para o jornalista e passar dados que não coincidem com a realidade do seu negócio não é praticável. Isso porque ele corre atrás das informações e faz apurações para saber se aquele dado realmente está correto. Se por ventura você resolver aumentar, só um pouquinho que seja, o faturamento ou qualquer outro dado e o jornalista descobrir, além dele não dar a matéria prevista, ele também não irá te procurar mais como fonte. Falar sempre a verdade é primordial para que o relacionamento cliente/ imprensa dê certo.

Outro ponto que considero muito importante é a questão da exclusiva. Quando prometemos passar com exclusividade uma informação para o jornalista, você não pode, em hipótese alguma, postar a notícia nas redes sociais ou divulgar para um grupo de amigos. Se a informação vazar e o jornalista souber, queimamos o contato e é uma porta que se fecha para futuras pautas sobre seu negócio.

Por fim, mas não menos importante, quando prometemos enviar materiais ou uma informação, por mais simples que seja, devemos cumprir. O jornalista fica na expectativa de receber o material para finalizar sua apuração e quando isso não ocorre, é um laço de confiança que se quebra. Por isso, vale a pena seguir fielmente todas as dicas da sua equipe de PR para que a relação com a imprensa não se perca e seja a mais próspera possível.

*Juliana Gusmão é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com Pós-Graduação em Marketing e Comunicação Publicitária pela Faculdade Cásper Líbero. Com sete anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Head de Relacionamento na PiaR Comunicação.