A importância da trilha do conhecimento no processo de vendas

Banco de imagens gratuitas: Pixabay

Ter conhecimento em qualquer área de negócio tanto para o gestor como para o colaborador é estar um passo à frente no mercado. Por essa razão, é de extrema importância que as organizações invistam em estratégias de treinamento para que tenham profissionais cada vez mais preparados para executarem suas atividades com êxito. Em vendas, o processo de formação do vendedor inicia desde o momento da contratação, ao selecionar o profissional que corresponda aos requisitos comportamentais e técnicos da área.  

De acordo com a pesquisa realizada pela revista Você S/A, 87% das demissões são por problemas comportamentais e apenas 13% por problemas técnicos. Ou seja, o problema está no baixo nível de inteligência emocional. “Ao contratar um vendedor com experiências anteriores é preciso lembrar que ele já vem com alguns vícios e percepções, caso ele não tenha os valores que igualem com a cultura da sua empresa, trará alguns problemas durante o caminho. Com um vendedor inexperiente há uma grande vantagem: a vontade de aprender, mas a rampagem dele é mais lenta. Em ambos os casos temos riscos e benefícios, por isso no momento da contratação é imprescindível identificar o perfil do vendedor” comenta Fábio Oliveira, CEO da SalesFarm.

Independentemente do tempo de vivência do profissional na área, é preciso adotar metodologias de aprendizado para formar profissionais ainda mais qualificados na sua empresa através da trilha do conhecimento. “A trilha nada mais é do que o caminho que você deve seguir para chegar de maneira mais fácil. Assim, vale para a trilha do conhecimento, é a forma de guiar o vendedor no processo de aprendizado para que o caminho seja mais assertivo e atinja o resultado esperado, minimizando erros” diz o CEO.

O executivo lista os principais pontos para as empresas implementarem a Trilha do Conhecimento:

  1. Identificar profissionais certos: Para a área de vendas, o setor de seleção e recrutamento precisa se atentar a dois pontos para identificar bons vendedores – mapear as competências técnicas e comportamentais. Para ter um processo mais assertivo de contratação, é preciso entender que a parte técnica é mais fácil de ser treinada, já a parte comportamental pode ser ajustava, mas não modificada.
  1. Conhecer o perfil do time de vendas: Para planejar a trilha do conhecimento é preciso conhecer o perfil do time de vendas, quais são suas motivações, os pontos fracos para alcançar as competências que ainda não foram desenvolvidas, e assim formar vendedores de alta performance.
  1. Apostar em diferentes formatos de aprendizado: Existem várias opções de transmitir conhecimento utilizando diferentes formatos de treinamento de vendas com conteúdo mais dinâmico – palestras, workshops, cursos e webinars- para que os vendedores tenham cada vez mais confiança ao falar com o cliente.

Sobre a SalesFarm

A SalesFarm é a primeira plataforma que terceiriza a força de vendas por meio de um software e tem como objetivo conectar empreendedores a vendedores, sendo a primeira plataforma de Sales as a Service do Brasil. Fundada em março de 2020, a empresa inova ao oferecer uma ferramenta completa para vendedores terem a oportunidade de garantir sua renda de forma totalmente remota, e para empreendedores que estão em busca de soluções inteligentes para capilarizar ainda mais seus negócios. Com investimentos de Alfredo Soares e Marcos Segui, a SalesFarm tem mais de dez mil vendedores em sua base.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.