EVENTOS PARA EMPREENDEDORES QUE ACONTECEM NO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2019

Para manter sua empresa no mercado, é importante encontrar maneiras inteligentes de expor sua marca, conhecer novos clientes e parceiros, além de ficar atento à concorrência. A participação em feiras, workshops e palestras é uma das estratégias encontradas pelos empreendedores para fazer tudo isso de uma vez só, em um só lugar!

Segundo dados da Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas para a entidade, o Brasil é o país que mais realiza eventos na América Latina, promovendo mais de duas mil feiras B2B por ano em todo o território nacional. Isso mostra que o empreendedor brasileiro conhece o valor de um bom networking.

Para facilitar a sua busca por eventos interessantes, separamos algumas atividades voltadas para empreendedores que ocorrerão em abril, maio e junho. Confira!

StartOut Brasil
O programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo está com inscrições abertas até 8 de abril para o segundo ciclo de 2019, que será em Toronto, no Canadá. Para participar, é necessário ter faturamento ou já ter recebido algum tipo de investimento. Serão selecionadas 15 startups brasileiras que terão a oportunidade de embarcar para o Canadá em junho para se conectar com possíveis clientes, parceiros e investidores, além de fazer uma imersão no vasto ecossistema de inovação local.

Fraud Day
No dia 11 de abril, a Konduto, empresa brasileira de antifraude para transações online, realizará um encontro focado na prevenção à fraudes em e-commerces e pagamentos digitais com palestras de especialistas em análise de risco de grandes varejistas, fintechs e aplicativos. As inscrições vão até o dia 10 de abril.

Techstars Startup Weekend São Paulo Construtech
Startup Weekend, um evento TechStars, traz para os participantes os melhores métodos para inovar e validar ideias de projeto ou negócio. Será um fim de semana intenso, começando na sexta-feira à noite (24/05) e terminando no domingo (26/05) com a apresentação das startups montadas diante de um júri formado por representantes de grandes empresas, aceleradoras, investidores e muito mais.

SheCommerce Brasil – Empreendedorismo & eCommerce
SheCommerce é a primeira conferência internacional criada com o objetivo de unir, ensinar e inspirar uma nova geração de mulheres a construírem impérios de comércio digital. Em sua 5ª edição,  pela primeira vez no Brasil, o evento reunirá mais de 400 congressistas e 10 palestrantes em um dia repleto de conteúdo de alto nível técnico de e-commerce, com formações técnicas em o que há de mais novo no mundo do comércio digital.

Superlógica Xperience
É o maior evento sobre economia da recorrência da América Latina. Com 1.300 participantes em 2017 e 2.400 em 2018, o Superlógica Xperience trouxe mais de 60 horas de conteúdo sobre Economia da Recorrência e SaaS para os maiores empreendedores da América Latina que puderam expandir seu networking através das parcerias em nossa Feira de Negócios. Para este ano, o evento promete ainda mais novidades e acontece entre os dias 6 e 7 de junho.

Whow! 2019

É o maior festival de inovação para negócios do Brasil. Nos dias 23, 24 e 25 de Julho, os participantes poderão se conectar com os mais brilhantes ícones do empreendedorismo brasileiro, visitar ecossistemas exclusivos e fazer o networking mais ousado da sua vida.

*Bruna Sant’Anna Froner é Relações Públicas formada desde 2009 pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Marketing e Comunicação Integrada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Com 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Gerente de Equipe na PiaR Comunicação.

MANGUEZAL VALLEY

Rapadura, Manguezal, Brasília, Colmeia, San Pedro Valley, Cariocas, ZeroOnze, Red Foot, Capi Valley, Startup SC… Sei que esses nomes podem soar estranhos, em um primeiro momento, mas quem faz parte ou já foi em algum evento de startups pelo Brasil, com certeza já os ouviu.

Eles são denominações para os principais ecossistemas de startups espalhados pelo país e visam reunir empreendedores, entusiastas, investidores, aceleradoras e todos os agentes que compõem esses verdadeiros hubs de inovação. Por meio da atuação ativa neles, os players ganham força e voz na economia brasileira, além de gerar apoios e conexões mútuas entre os participantes.

Como lançamos o Projeto Regiões, justamente por sempre estarmos atentos aos movimentos do ecossistema e tendo em vista que uma de nossas premissas é ajudar a educar o setor sobre a importância de uma Assessoria de Imprensa, hoje vamos falar do Manguezal Valley.

Localizado em Recife (Pernambuco), o Manguezal nasceu para promover discussões de alto nível, eventos e uma temática educacional para empreendedores potenciais; dar visibilidade aos projetos iniciais na região; além de estimular o intercâmbio de startups locais com o restante do país.

Segundo estudo realizado pela Associação Brasileira de Startups, em parceria com a Accenture, o Manguezal Valley está entre as três comunidades com maiores índices no item “Satisfação sobre o mercado Consumidor”, figurando entre o Capi Valley (PR) e ZeroOnze (SP).

Quando o assunto é “Talentos”, a região nordeste fica em primeiro lugar em satisfação, seguidos dos RedFoots (PR) e San Pedro Valley (MG). Com 67% dos respondentes satisfeitos, os empreendedores dessas regiões afirmam que os desafios para atrair e reter talentos ficam em estimular o empreendedorismo e alfabetização nas escolas; aproximar escolas de eventos de empreendedorismo; e transformar trabalhos acadêmicos na criação de startups.

Por fim, podemos perceber a riqueza dessa região e o quanto há potencial para iniciativas que ajudem a fomentar a economia local. Portanto, se preparem empreendedores da região Nordeste! Ainda esse ano chegaremos para dar voz às suas startups 😉


*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é COO na PiaR Comunicação.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE STARTUPS

Você deveria admirar a Associação Brasileira de Startups (Abstartups) porque ela é uma entidade sem fins lucrativos, que possui mais de 12 mil startups em sua base de dados e tem como missão promover o ecossistema brasileiro de startups em todo o mundo.

Setor: startups

#startups #ecossistemadeinovação

Amure Pinho, Presidente da Associação Brasileira de Startups
Rafael Ribeiro, Diretor Executivo da Associação Brasileira de Startups

O QUE O BANCO NEON ENSINA PARA O ECOSSISTEMA DE STARTUPS?

*Por Bruno Pinheiro 

Semana passada o ecossistema acompanhou, apreensivo, o desenrolar da crise em uma das startups mais promissoras do Brasil, o Banco Neon. O resumo do acontecimento é simples: o Banco Central liquidou o parceiro da fintech, o que inviabilizou algumas transações bancárias. A comunidade empreendedora do Brasil ficou em suspense durante todo o dia 4 de maio e pessoas saíram a sacar o dinheiro que havia no Neon com medo do que estaria por vir.

O alvo da análise desse texto é mostrar como a transparência do Neon foi fundamental para não abalar sua credibilidade. Em momento algum a empresa negou o problema. De forma nenhuma foram negligenciadas informações a clientes, parceiros e mídia. Prontamente, o Banco Neon fez seu porta-voz dar entrevista a veículos com capacidade de disseminação rápida da mesma mensagem: havia um problema e seria corrigido o quanto antes.

Obviamente, todo o acontecido era um jogo de xadrez: um dia antes do anúncio do Banco Central, o Neon comunicava que recebera um aporte de R$ 72 milhões, o que levantava como dúvida o porquê da fintech estar capitalizada e, ao mesmo tempo, liquidada pelo BC. A comunicação foi assertiva e transparente: a medida do Banco Central era no parceiro, e não na fintech em si, o que já colocava todo o problema como algo solúvel em curto prazo.

Pronto, a tranquilidade já começava a ser sentida, mas havia ainda um elemento complicador: tudo isso aconteceu em uma sexta-feira, quarto dia útil do mês, com um final de semana a frente. Como o Neon agiu? Na segunda-feira pela manhã (7), distribuiu um comunicado de imprensa anunciando seu novo parceiro e colocando o CEO em suas redes sociais, em um vídeo, detalhando o que foi feito desde o comunicado do BC e elogiando o Banco Votorantim, empresa que topou ser o operador do Neon.

Todo o desenrolar do caso mostra um acerto monumental da equipe de comunicação do Neon. Em qualquer momento, seja de crise ou não, a linha mestra da assessoria de imprensa e da comunicação como um todo deve ser a transparência. É preciso aproveitar as oportunidades certeiras de se posicionar, assumir as falhas no processo, dividir as preocupações e  “dar as caras”. Conheço o Pedro Conrade, CEO e founder do Neon, desde 2013 quando ele ainda dava seus primeiros passos no ecossistema. Toda sua condução no caso mostra que ele continua igual: competente, arrojado e resiliente.

Muitas startups contratam assessorias de imprensa sem ter a transparência como parâmetro. Querem divulgar à imprensa apenas aquilo que interessa, não pretendem participar de pautas polêmicas e fogem de qualquer crise. Pois bem, o caso do Neon virou um marco para as startups: quer ter a mesma credibilidade que eles? Passe a encarar comunicação como um asset da sua marca, e não como algo pontual.

Credibilidade se constrói desde o momento zero de uma startup, confiança se conquista com tempo. A mídia vai expor aquilo que é a notícia, seja ela positiva ou negativa. Olhe para o case do Banco Neon como uma regra: dá para fazer branding até em momentos de crise.

*Com 13 anos de experiência em assessoria de imprensa, Bruno já trabalhou no atendimento de contas como BuscaPé, Fox, VivaReal, Qranio, EasyTaxi, boo-box, Samba Tech e Evernote. Já participou de grandes anúncios no mercado brasileiro e conduziu o lançamento de mais de 130 startups nos últimos 8 anos. Bruno Pinheiro é fundador da PiaR Comunicação, assessoria de imprensa de 40 startups no Brasil.

EVENTOS – O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA TER UM BOM APROVEITAMENTO?

*Por Juliana Gusmão

Agora sim podemos dizer que o ano começou pra valer. Em 2018, temos diversos eventos importantes e interessantes para acontecer, tanto em São Paulo, como em outras regiões do país. Por isso, o primeiro ponto é ficar sempre antenado a tudo que acontece em seu mercado de atuação e se programar!

Mesmo que você não tenha a intenção de participar como palestrante ou com um stand, aconselhamos marcar presença para assistir ou até mesmo para conversar com alguns empreendedores. Entendemos que essa é uma ótima oportunidade para realizar um bom networking, trocar experiências e agregar conhecimentos.

Quando o assunto é sua participação como palestrante, por exemplo, devemos tomar cuidado com alguns pontos. Com toda certeza seu assessor de imprensa estará no local para te acompanhar. Nesse caso, o profissional tem a função de te orientar no que for preciso. Antes de qualquer evento, fazemos uma ronda de pauta com os principais veículos para saber se eles estarão presentes e quais assuntos pretendem abordar. Dessa forma, poderemos alinhar uma possível entrevista com o empreendedor no local.

Entenda que esse processo é feito antes do evento acontecer. Durante a ocasião, não aconselhamos que seu assessor fique “perturbando” o jornalista com possíveis pautas ou até mesmo chamando-o toda hora para entrevistar seu cliente. Claro que um breve bate-papo com o profissional é super viável para se colocar a disposição, mas se ele não demonstrar interesse sobre o assunto, a insistência pode causar um mal-estar desnecessário.

O que é preciso entender é que seu assessor não está ali para ficar caçando jornalistas, e sim para dar assistência e orientação durante sua participação no evento. Por fim, vale ressaltar que não deixamos de cavar boas oportunidades nessas ocasiões, o ponto sensível está na forma como isso é feito. Se há bom senso de ambos lados, todos saem ganhando. 😉

*Juliana Gusmão é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com Pós-Graduação em Marketing e Comunicação Publicitária pela Faculdade Cásper Líbero. Com 6 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Head de Relacionamento na PiaR Comunicação.