COMUNIDADE-DE-STARTUPS

COMUNIDADES DE STARTUPS: FORTALECIMENTO DE LAÇOS NO ECOSSISTEMA!

Já falamos aqui, em outras oportunidades, do que são, como funcionam e a importância das Comunidade no ecossistema de inovação e startups no Brasil. Somente da região Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo), temos 4776 startups ativas, segundo a Associação Brasileira de Startups.

Quando dividimos por Estados, temos 65% das startups em São Paulo, 19% em Minas Gerais e Rio de Janeiro e 2% no Espírito Santo. Se nos aprofundarmos ainda mais nesses números e observamos as cidades de destaque, teremos: São Paulo (46%), Rio de Janeiro (12%), Belo Horizonte (10%), Campinas (2%), Uberlândia (2%) e Juiz de Fora (1%).

O Nordeste tem ganhado força com seus polos tecnológicos também. Atualmente são 577 startups ativas, sendo 27,2% na Bahia; 16,6% no Ceará; e 10,7% na Paraíba. Os modelos de negócios que se destacam são SaaS (40,1%) e Marketplace (22%).

A região Sul concentra 1704 empresas desse tipo, sendo que 8,7% delas são EdTechs, 8,1% Agritechs e 5,1% de Saúde e Bem-Estar. As cidades com mais destaques em iniciativas inovadoras são Porto Alegre (21%), Curitiba (16,6%) e Florianópolis (10,8%).

O Centro Oeste também tem chamado a atenção de olhares atentos às inovações que o ecossistema de startup proporciona. Ao todo são 562 startups e Brasília concentra 37,1% desse total de empresas. Em seguida, temos Goiânia e Cuiabá, com 27,1% e 11,3%, respectivamente. Por fim, temos a força que vem do Norte, com 332 startups ativas na região. Desse total, 36% estão em fase de Operação; 34% em Ideação e 26% Tração.

Enfim, listei todos esses números para demonstrar o quanto as comunidades de startups têm crescido no Brasil e o quanto elas são importantes para fortalecer os laços entre empreendedores de uma mesma região, criando vínculos estruturados e que façam sentido para contribuir para a evolução de todo que orbitam nesse mundo tão inovador.

*Por Renniê Paro

INOVAÇÃO ESTÁ EM TUDO

A INOVAÇÃO ESTÁ EM TUDO!

Uma coisa é certa, a inovação está em todos os lugares e tem sido utilizada como um diferencial dentro das organizações como forma de diferenciação entre os concorrentes. De acordo com uma pesquisa feita pela SAP, empresa alemã de softwares de gestão empresarial, 84% dos entrevistados acreditam que a transformação digital é imprescindível para a sobrevivência de seus negócios nos próximos anos.

Com essa visão, muitas organizações têm incluído em seu DNA alguma ação com foco em inovação e isso tem se dado de diversas formas. Entre elas, podemos destacar a inclusão de ferramentas tecnológicas em processos até então feitos manualmente, a criação de núcleos voltados para inovação e parcerias e aquisições de startups. Essa última tem sido uma tática recorrente para organizações tradicionais, o que tem resultado em crescimento para ambas as partes.

Em alguns setores, como o de tecnologia, essa aproximação das grandes empresas em relação às startups já é bem comum, como o caso das gigantes Microsoft e Google. A novidade tem sido a ampliação dessa conexão para outros setores, como financeiro, saúde, jurídico, entre outros. Isso com certeza é uma tendência para os próximos anos.

Recentemente, pudemos acompanhar a aquisição da Supermercado Now, plataforma de supermercados online, pela B2W, empresa de comércio eletrônico resultado da fusão entre Submarino, Shoptime, Americanas.com. Isso mostra como a junção entre empresas já consagradas no mercado e startups se tornará recorrente em diferentes mercados, visando principalmente a inovação e diferenciação em seus segmentos.

Aqui no Brasil, 2020 promete ser um ano onde vamos ver muitas movimentações neste sentido, uma vez que a previsão é que a nossa economia cresça 2,5% este ano, um cenário promissor em relação a 2019, onde tivemos diversas transformações, incluindo mudanças nas nossas lideranças políticas. Para a Confederação Nacional da Indústria, a atividade econômica também será impulsionada pelo aumento dos investimentos em 6,5%.

As previsões são animadoras, vale ficar de olho!

*Por Bruna Sant’Anna Froner

2020 A MIL POR HORA

Ano passado foi um período intenso. Passei 40% das semanas do ano viajando, seja para fazer palestras, ministrar workshop, participar de eventos ou em reuniões com clientes e prospects. Essa loucura de 44 mil quilômetros viajados me proporcionou observar de perto o ecossistema de startups e inovação e, mais do que isso, enxergar como estão as comunidades espalhadas pelos quatro cantos do Brasil.

A resposta para isso é “maturação”. Quanto mais os unicórnios aparecem, mais a corda da inovação é esticada, mais os ecossistemas locais passam a se mover, motivar, unir, compartilhar, crescer. E esse é um moinho que não pode parar. O mercado brasileiro de startups anda cinco anos em um e atingiu uma maturidade incrível, seja para valer um bilhão de dólares, seja para estimular a criação de novas startups. Essa necessidade de fazer 5 anos em um é para eliminar o gap de inovação que nos prendeu no limbo dessa área por anos a fio, enquanto países como Estados Unidos, Israel e China nadavam de braçada.

Como manter esse moinho se movendo sem depender de outros unicórnios surgindo? Essa é a resposta que líderes de comunidade, expoentes do mercado de startups, gente que já fez exit e a pessoas que lideram associações devem se perguntar todos os dias, como forma de manter 2020 a mil por hora.

Esse ano promete ser de mais uma reforma no governo (a administrativa) e isso anima mercados, atrai investimentos e estimula o empreendedorismo. Espero, sinceramente, que não só os unicórnios, mas as pessoas que estão na dianteira do ecossistema entendam a relevância e a responsabilidade de seu papel – e que elas compreendam a necessidade de preparar e estimular mais pessoas para tomarem essa frente.

*Por Bruno Pinheiro

AS TECNOLOGIAS POR TRÁS DE UM BOM ATENDIMENTO

Segundo a pesquisa “Service Insights” feita pela NeoAssist, plataforma omnichannel para relacionamento com o cliente, em parceria com a Mind Pesquisas, 85,9% dos entrevistados concordam totalmente que o relacionamento que a marca mantém com o consumidor é o que torna um cliente fiel.

Por isso, a tecnologia tem se tornado uma grande aliada para que a experiência do cliente seja satisfatória. Com as mudanças do mindset do consumidor, é imprescindível que as empresas estejam capacitadas tecnologicamente para atendê-los de forma prática e rápida. 

Atualmente, existem negócios que já nasceram com o propósito de melhorar a vida do cliente. Uma delas é a Propz, startup que oferece soluções de relacionamento objetivas, práticas e rentáveis para varejo e serviços financeiros utilizando inteligência analítica e big data, pioneira na aplicação de tecnologias que entendem, predizem e reagem ao comportamento de consumo, em tempo real e de forma automatizada.

Para entender o que a Propz faz é muito simples! Sabe quando você vai até uma farmácia ou no posto e no final da sua compra você recebe um papel com diversas ofertas de produtos que tem tudo a ver com os seus hábitos de compra? É isso o que a startup faz. Entre os clientes atendidos, estão o Bradesco, Ipiranga e RaiaDrogasil.

Outro exemplo é o da CM Tecnologia, uma healthtech que tem como objetivo desenvolver soluções para melhorar a experiência das pessoas com hospitais, clínicas e laboratórios. Com softwares inovadores, a empresa facilita o agendamento de exames e consultas online. Afinal, para que perder tempo ligando se você pode resolver tudo online?

Por fim, temos a NeoAssist, única plataforma omnichannel para atendimento ao cliente do mercado brasileiro. A empresa oferece soluções inovadoras, tanto para seus clientes como para o consumidor final, por meio da sua tecnologia e serviços.

A plataforma entrega todos os canais de atendimento integrados em uma única solução, possibilitando integrações também com sistemas externos e um histórico unificado de cada contato, com apenas um protocolo de atendimento. Ou seja, chega daquela história de ficar repetindo dados a cada novo atendente. Tudo fica registrado em um único sistema, que pode ser acessado por qualquer membro da equipe, bastando o cliente abrir um chamado.

Portanto, hoje é preciso que a experiência do cliente seja algo prático e satisfatório, e isso impacta diretamente no crescimento do seu negócio. Com a utilização de novas tecnologias, sem dúvida, fica mais fácil entender o comportamento do seu consumidor, atendê-lo da melhor forma e torná-lo fiel a sua marca.

*Por Bruna Sant’Anna Froner

EVENTOS PARA EMPREENDEDORES QUE ACONTECEM NO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2019

Para manter sua empresa no mercado, é importante encontrar maneiras inteligentes de expor sua marca, conhecer novos clientes e parceiros, além de ficar atento à concorrência. A participação em feiras, workshops e palestras é uma das estratégias encontradas pelos empreendedores para fazer tudo isso de uma vez só, em um só lugar!

Segundo dados da Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas para a entidade, o Brasil é o país que mais realiza eventos na América Latina, promovendo mais de duas mil feiras B2B por ano em todo o território nacional. Isso mostra que o empreendedor brasileiro conhece o valor de um bom networking.

Para facilitar a sua busca por eventos interessantes, separamos algumas atividades voltadas para empreendedores que ocorrerão em abril, maio e junho. Confira!

StartOut Brasil
O programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo está com inscrições abertas até 8 de abril para o segundo ciclo de 2019, que será em Toronto, no Canadá. Para participar, é necessário ter faturamento ou já ter recebido algum tipo de investimento. Serão selecionadas 15 startups brasileiras que terão a oportunidade de embarcar para o Canadá em junho para se conectar com possíveis clientes, parceiros e investidores, além de fazer uma imersão no vasto ecossistema de inovação local.

Fraud Day
No dia 11 de abril, a Konduto, empresa brasileira de antifraude para transações online, realizará um encontro focado na prevenção à fraudes em e-commerces e pagamentos digitais com palestras de especialistas em análise de risco de grandes varejistas, fintechs e aplicativos. As inscrições vão até o dia 10 de abril.

Techstars Startup Weekend São Paulo Construtech
Startup Weekend, um evento TechStars, traz para os participantes os melhores métodos para inovar e validar ideias de projeto ou negócio. Será um fim de semana intenso, começando na sexta-feira à noite (24/05) e terminando no domingo (26/05) com a apresentação das startups montadas diante de um júri formado por representantes de grandes empresas, aceleradoras, investidores e muito mais.

SheCommerce Brasil – Empreendedorismo & eCommerce
SheCommerce é a primeira conferência internacional criada com o objetivo de unir, ensinar e inspirar uma nova geração de mulheres a construírem impérios de comércio digital. Em sua 5ª edição,  pela primeira vez no Brasil, o evento reunirá mais de 400 congressistas e 10 palestrantes em um dia repleto de conteúdo de alto nível técnico de e-commerce, com formações técnicas em o que há de mais novo no mundo do comércio digital.

Superlógica Xperience
É o maior evento sobre economia da recorrência da América Latina. Com 1.300 participantes em 2017 e 2.400 em 2018, o Superlógica Xperience trouxe mais de 60 horas de conteúdo sobre Economia da Recorrência e SaaS para os maiores empreendedores da América Latina que puderam expandir seu networking através das parcerias em nossa Feira de Negócios. Para este ano, o evento promete ainda mais novidades e acontece entre os dias 6 e 7 de junho.

Whow! 2019

É o maior festival de inovação para negócios do Brasil. Nos dias 23, 24 e 25 de Julho, os participantes poderão se conectar com os mais brilhantes ícones do empreendedorismo brasileiro, visitar ecossistemas exclusivos e fazer o networking mais ousado da sua vida.

*Por Bruna Sant’Anna Froner